Na Chapada dos Veadeiros sem carro


Para aqueles que sonham em visitar a Chapada dos Veadeiros e não tem carro é importante entender antes como os atrativos da região estão distribuídos.


A Chapada dos Veadeiros envolve vários municípios. Os principais atrativos ficam todos a quilômetros de distância. Não existe meio de transporte público para os atrativos. A maioria das cachoeiras está em Alto Paraíso (Vila de São Jorge) e em Cavalcante.A vila de São Jorge está a 36 km de Alto Paraíso e Cavalcante a 91 km. Mesmo as cachoeiras que ficam a poucos quilômetros da cidade ou da vila, não há local para pedestre nas estradas. E na época de seca a poeira sobe alto, bem alto.


Existe uma ciclovia que vai de Alto Paraíso até São Jorge. A ciclovia dá acesso às entradas das fazendas de algumas cachoeiras particulares, porém existe uma parte de terra para pedalar. Estão no caminho da ciclovia as cachoeiras: Almécegas, São Bento, Cordovil, Vale da Lua e o Parque Nacional, que fica pouco depois da vila de São Jorge.


O Camping PachaMama está entre a cidade de Alto Paraíso e São Jorge. 17 km e 19 km respectivamente. Na rodovia que leva para o Parque Nacional, no pé do Morro da Baleia, a 4 km do Jardim de Maitreya. A 9 km das Cachoeiras Almécegas da Cachoeira São Bento; A 14 km do Vale da Lua A 20 km do Parque Nacional A 22 km do Raizama A 23 km da Morada do Sol A 24 km das Loquinhas A 26 km da Cristal

A 29 km da Anjos e Arcanjos

As Cachoeiras Macaquinhos, Cataratas dos Couros e Santa Barbara estão a mais de 60 km.

Para quem fica em São Jorge as distâncias das cachoeiras passam para:


A 28 km das Cachoeiras Almécegas da Cachoeira São Bento; A 8 km do Vale da Lua A 1 km do Parque Nacional A 3 km do Raizama A 4 km da Morada do Sol A 41 km das Loquinhas A 46 km da Cristal

A 48 km das Anjos e Arcanjos

As Cachoeiras Macaquinhos, Cataratas dos Couros e Santa Barbara estão a mais de 80 km de São Jorge.


Existem algumas opções para aqueles sem carro:


1. A mais barata é trazer uma bike de ônibus e fazer os passeios de bicicleta. Porém é importante ressaltar que é necessário um excelente condicionamento físico, experiência como ciclista em asfalto e estrada de terra e tempo sobrando para cumprir as distâncias entre os atrativos.


2. Alugar um carro já no aeroporto de Brasília. Por incrível que pareça é a segunda opção mais barata, pois na região tem pouca opção de aluguel de carro e estando mais de uma pessoa a diária fica em conta. Principalmente considerando a comodidade de locomoção e programação para os atrativos.


3. Contratar guias especializados com carro particular. A grande vantagem é a segurança e o serviço personalizado com informação sobre a flora, fauna e história da região. Os passeios devem ser agendados com antecedência ou é possível encontrar um guia credenciado no CAT - Centro de Atendimento ao Turista.

Contato do CAT: (62) 3446-1159

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square