POR QUE?

Muitos nos perguntam: por que ir embora?



Somos de uma outra época, de quando as estradas eram de terra, as emas moravam no nosso gramado e faziam ninho atrás da horta, as antas tomavam banho no córrego e tatus e tamanduás eram vistos perto de casa. De quando os invernos chegavam abaixo de zero grau e trilhar pelo Vale da Lua dava mais de 10km. De quando o rancho do Seu Waldomiro não tinha tranca e ninguém roubava uma cachaça sequer, e de quando o Dada era o político honesto que brigava pelo bem da comunidade. Em 1999, foi o primeiro contato com a Chapada dos Veadeiros e paixão à primeira vista. Em 2007, a Chapada passou a ser o nosso projeto de vida, e, em 2008, o PachaMama nasceu. Os humanos ainda eram minoria e predominavam os animais silvestres nas trilhas, nos pastos ou em volta de casa. Procurávamos arnica no cerrado e caminhávamos por dentro dos córregos sem preocupações. Víamos o fogo começar sem interferência de ninguém, mesmo hoje sendo mito. Íamos para a cachoeira para passar o dia inteiro, lá não havia ninguém além de nós, várias horas entre um cochilo na pedra quente e um banho gelado pediam no máximo três fotos e o máximo de interação com aquele momento. Na trilha, o que ouvíamos de alguma (rara) outra pessoa, era apenas um cumprimento.

A Chapada mudou, hoje ela é bem diferente e é natural as coisas mudarem. Não queremos que as cachoeiras tenham só nós, como foi por vários anos. É bom saber que a cada dia, mais pessoas têm acesso a essas belezas naturais. A Chapada dos Veadeiros vive hoje um novo momento e por isso também buscamos abrir um novo ciclo e tentar nos conectar com um novo estilo de vida, se possível mais simples, mais leve, mais calmo, mas tão enriquecedor quanto.


Queremos acima de tudo, agradecer de todo o coração tudo que vivemos nesse lugar mágico.

  • Agradecer a Deus por escrever reto sobre linhas tortas e por nos fortalecer com todas as dificuldades.

  • Agradecer à PachaMama, essa terra mãe, que enche nossos pulmões de vida e nosso corpo de alimento.

  • Agradecer a nossa família, que acompanhou de perto cada luta, cada vitória, cada lágrima e cada sorriso, zelando por nós com as mais verdadeiras preces.

  • Agradecer nossos clientes, que fizeram do Camping PachaMama uma realização e um lugar especial no mundo.

  • Agradecer aos clientes que se tornaram amigos e que nunca deixarão nossa memória e nossos corações.

  • Agradecer a Chapada dos Veadeiros por ter sido nosso porto seguro e nosso pedaço de paraíso por tantos anos.


De todo o nosso coração: Muito obrigado!

Kelly & Erick


Posts Em Destaque