10 Coisas para se fazer na Chapada dos Veadeiros

August 24, 2019

Existe uma idéia óbvia de que a Chapada dos Veadeiros é um destino para curtir cachoeiras, e não teria como não ser. A Chapada consegue reunir um aglomerado imenso de cachoeiras belíssimas num raio de poucos quilômetros. Porém, não significa que não haja outras experiências maravilhosas para serem usufruídas nesse paraíso goiano. Segue a lista de 10 coisas, fora do habitual da maioria dos turistas, para curtir de forma mais completa tudo que a Chapada dos Veadeiros tem para oferecer:

 

1. Subir o Morro da Baleia

(Foto: Camping PachaMama)

 

O Morro da Baleia é um dos pontos mais excêntricos e polêmicos da Chapada. Sua forma pode ser interpretada de lados diferentes, alguns vêem a baleia perfeita, outros nunca a encontram. No seu topo são marcados vigílias ufológicas, já que místicos acreditam que o morro tem uma energia especial. Mas independente dos mitos e contos, o fato é que lá de cima se tem uma das vistas mais lindas da Chapada. Na época de chuva se forma uma cachoeira de água verde esmeralda que dança com o vento, chamada “Bailarina”. 

 

2. Observar o céu noturno

 

(Foto: Camping PachaMama)

 

A Chapada dos Veadeiros é contornada por um céu privilegiado. A umidade baixa, a ausência de poluição luminosa e a altitude elevada tornam o lugar perfeito para ver a via láctea, estrelas cadentes, nebulosas e fazer fotografias incríveis. Para aqueles que acampam no Camping PachaMama, existe observação do céu, onde são mostrados os planetas, as constelações e a lua em telescópio. 

 

3. Acampar

 

 

 

(Foto: Camping PachaMama)

 

Umas das maiores concentrações de campings do mundo está na Chapada dos Veadeiros. São mais de 100 campings de todos os tamanhos, gostos e estilos, desde os mais rústicos aos mais estruturados. A região tem um clima propício para acampar, o destino é repletos de passeios ecológicos e a paisagem com vistas para belos horizontes combina com um acampamento. Acampar é uma das melhores formas de interagir com a natureza da chapada. 

 

4. Assar marshmallow na fogueira

 

(Foto: Camping PachaMama)

 

A região tem um clima desértico na seca, com dias quentes e noites frias, o que torna o ambiente perfeito para uma fogueira. O fogo aquece, ilumina, hipnotiza e dá ainda a possibilidade de cozinhar alimentos como batata doce, mandioca ou milho. Mas o marshmallow é uma experiência diferente. Poucas pessoas conhecem a arte de assar marshmallow. Ele aquece devagar, sem queimar, e precisa desidratar por fora, enquanto derrete e incha por dentro até ficar quase o dobro do seu tamanho. Ao colocar na boca sua casquinha externa quebra e ele desmancha lentamente, cobrindo a língua com um creme doce. Aqueles momentos que te faz se sentir num filme. Na Chapada, a maioria dos campings e pousadas oferecem local seguro para fogueira.

 

5. Pedalar na ciclovia

 

(Foto: Camping PachaMama)

 

A estrada que leva ao Parque Nacional Chapada dos Veadeiros tem uma ciclovia com uma paisagem linda! São 36 km que passam por várias cachoeiras, morros, platôs e leva até a Vila de São Jorge. É possível escolher o destino final conforme o condicionamento físico de cada um. É um passeio perfeito no cerrado e quanto mais cedo, melhor.  

 

6Fazer Quiropraxia e Massagem Ayurvédica

 

 

 

(Foto: Freepik)

 

Quiropraxia consiste em movimentos precisos e específicos, chamados de ajustes quiropráticos, que levam ao equilíbrio do sistema neuro-músculo-esquelético. Na Chapada é possível fazer uma sessão com profissional formado sem burocracia e por preço muito mais acessível que em outros lugares. Já a massagem ayurvédica se inspira na ayurveda (ciência da vida) e na massagem indiana tradicional e a Chapada conta com excelentes profissionais nessa área, que trabalham de forma surpreendente. A massagem ayurvédica tem a vantagem de fazer bem ao corpo, mas também à alma. Além de suas inegáveis virtudes relaxantes, ela oferece muitos benefícios. Ajuda a nutrir a pele, tonificar e relaxar o tecido muscular, também melhora a circulação sanguínea e linfática, fortalecendo o sistema imunológico e aumentando a resistência a doenças. Além disso, dá ao corpo uma sensação de energia e leveza. Alivia as articulações e a coluna, melhorando a postura e combatendo as dores nas costas.

 

7. Fotografar o Jardim de Maitreya

 

(Foto: Camping PachaMama)

 

Um dos cartões portais da Chapada dos Veadeiros é o Jardim de Maitreya. Uma paisagem formada por veredas de um lado e montanha do outro. No fim da tarde, o brilho do sol cobre o jardim com uma luz amarelada que realça o mato rasteiro do cerrado e as curvas do relevo, propiciando uma fotografia que parece cena do filme “Parque dos Dinossauros”. As fotos desse jardim estão sempre presentes nas capas dos livros, revistas e artigos sobre a Chapada dos Veadeiros. 

 

8. Fazer a tirolesa

 

(Foto: Travessia.tur.br)

 

A Chapada dos Veadeiros tem uma tirolesa de 800 metros de comprimentos e 100 metros de altura e está entre as maiores do Brasil. O nome Vôo do Gavião faz jus à sensação incrível de parecer ser um pássaro voando sobre uma mata, mas foi em homenagem aos vários carcarás que também voam por ali. A atividade é monitorada por condutores experientes com a utilização de técnicas, procedimentos e equipamentos internacionalmente reconhecidos, e segue as recomendações da ABNT, o que torna deliciosa experiência totalmente segura. 

 

9. Assistir uma apresentação na Gota Sat Som

 

(Foto: Camping PachaMama)

 

A Gota Sat Som é um lugar único. Uma construção em forma de gota, que gera uma acústica tão magnífica que se ouve até a respiração dentro dela. Geedika, com sua voz angelical faz uma apresentação musical com instrumentos raros e com o som do silêncio que nos leva a uma outra dimensão. Aquele tipo de lugar raro que nos marca internamente por sua essência artística. 

 

10. Passar um dia sem celular

(Foto: Camping PachaMama)

 

A cada dia mais, estudos científicos vêm comprovando que o excesso do uso do celular é prejudicial a saúde física e principalmente mental. Um estudo da Organização Mundial da Saúde mostrou que pessoas que usam celular durante mais de 30 minutos por dia por mais de dez anos, têm risco maior de câncer no cérebro. Os cientistas dizem que essas provas são suficientes para classificar a exposição como "possivelmente cancerígena para os seres humanos". Muitas instituições da ONU já aconselham seus funcionários a usar telefones celulares com menos frequência. Como o celular é hoje uma ferramenta de trabalho, para muitos não é possível simplesmente abandoná-lo, mas, às vezes, uma pequena férias (pausa) desse mal necessário já é suficiente para descansar a mente e relaxar o corpo, afastando as vibrações que nos impedem de ver mais intensamente o mundo fora do quadradinho. A Chapada dos Veadeiros tem um sinal de telefonia e internet ruim, mas uma natureza exuberante e dezenas de trilhas a serem feitas. A combinação desses dois fatos, torna o lugar perfeito para apertar o off e descontar um pouco do mundo virtual.

 

 

1. Morro da Baleia - https://pt.wikiloc.com/trilhas-trekking/cachoeira-da-bailarina-morro-da-baleia-13968976

2. Céu Noturno - https://www.campingpachamama.tur.br/

3. Acampar - https://www.campingpachamama.tur.br/

6. Quiropraxia  - (11) 9.8244-2682 Massagem - (62) 9.8284-1298 

7. Fotografar o Jardim de Maitreya -  20 km de Alto Paraíso na GO 239 sentido São Jorge

8. Fazer Tirolesa - https://www.pousadasaobento.com.br/novo/portfolio-item/tirolesa-voo-do-gaviao/

9. https://www.gotasatsom.com.br/

Please reload

Posts Em Destaque

CERTIFICADO DE EXCELÊNCIA TRIPADVISOR 2018

August 1, 2018

1/3
Please reload

Posts Recentes